Meu corpo grita como se eu nunca tivesse falado...

By | 27.5.11 3 comments
Isso é a vida, isso é minha dança.

Viver freneticamente 30h por dia, virar noites inteiras, desconcentrar seus locais espaciais de trabalho, viajar os quatro cantos do Rio de Janeiro em um dia... ficar pobre, ficar rica... Se desesperar e longo em seguida relaxar... vamos tomar um vinho? Viver e amar sua vida, amo o que faço e do jeito que faço, que é DANÇAR.


E que seja perdido o único dia em que não se dançou... essa frase agora me faz todo o sentindo. O que seria de nós se em nossas veias não corressem a arte? E se não respirássemos a música? E se não expressássemos? Seria perdido.

Como é doce o sabor da liberdade.

e o sabor da aventura.

e o sabor de chutar o balde

o sabor da dança




Beijos,
não esqueçam o hidratante labial!

Postagem mais recente Postagem mais antiga Página inicial

3 Comentários:

Lindo seu amor pela dança...

Beijocas
Josi
http://femininaevaidosa.blogspot.com
@unhappy_j

Bells disse...

Que loucura menina! Mas o que importa é que faz o que ama! Fique com Deus!!! o/ =***

A ACADEMIA MACHADENSE DE LETRAS (Machado-MG) comunica que estão abertas as inscrições para o VIII Concurso Plínio Motta de Poesias, do ano 2011.
Entrem em contato para adquirir o Regulamento:
a/c Carlos Roberto machadocultural@gmail.com